19 de março de 2009

Dividida... Agora parece que já não!

Tenho andado dividida e sem saber muito bem o que pensar. Talvez não seja já idade para estas coisas mas a verdade é que por vezes me sinto um pouco "bicho do mato" por me dar a "isto", sendo que "isto" nada mais é do que estas coisas que fazemos com as mãos e em que depositamos todo o nosso empenho e fazemos vibrar a nossa criatividade.
Independentemente de ser bordados nas suas várias técnicas, ou tricot ou crochet, ou mesmo decoupage ou pintura noutra forma, até mesmo a costura seja para vestuário ou para decoração.
Por alguma razão não entra na imagem pré concebida de uma mulher moderna a ideia de FAZER. Pelo contrário, parece que para se ser uma mulher moderna é preciso comprar feito. E quem SABE FAZER pertence a um passado remoto, ou veio da aldeia (sem qualquer preconceito da minha parte), ou então pertence a alguma ideologia ultra conservadora.
Pergunto eu: Não poderão estas formas antigas de SABER FAZER evoluir e continuar a fazer parte do nosso presente, como fizeram do passado das nossas avós (e talvez ainda das nossas mães). Por todas as razões, por ser útil e prático remediar qualquer coisa ou simplesmente pelo prazer que dá ver algo sair da nossa imaginação com a ajuda das nossas mãos.
Por vezes sinto-me desenquadrada, como por exemplo quando vou no metro de agulha de crochet em punho a fazer os hexagonos para a manta do meu sobrinho(a). Por alguma razão que eu não entendo as pessoas parecem estranhar... E eu vou-me divertindo a ouvir os comentários bichanados entre dentes, mas que é claro alguns eu vou ouvindo, e a alguns é impossível conter o riso.
Culturalmente perdeu-se aqui qualquer coisa ou interpretou-se mal o conceito de modernidade. Daí que este conflito tenha surgido em mim. Porque não sou uma uma pessoa conservadora, porque sou uma mulher independente e decidida, porque sou mãe solteira com muita convicção e sem preconceitos em relação a isso, porque gosto de literatura e de artes e de cultura, porque gosto de política e não vejo telenovelas nem coisas afins, e gosto de vinho tinto e de me deitar tarde e exausta e detesto fazer a cama. Mas apesar de tudo isto e muito mais adoro fazer estas coisas e gosto de aprender tudo, e é o que tenho feito e não me parece que em nenhum ponto as duas coisas sejam incompatíveis.
Por isso vou continuar com esta "para alguns carolice" sem me incomodar com o que os outros pensam como sempre fiz até agora e espero que todas as meninas mulheres que andam por aí façam o mesmo. E os meninos homens também, que vergonha é roubar e ser apanhado. O resto é conversa.
Aproveito para divulgar este movimento e outra opinião que me esclareceu e motivou.

1 comentário:

Xana disse...

ADOREI esta declaração, parece que foi escrita por mim, porque partilho toalmente da tua (espero que não te incomodes com o tratamento) ideia.
Obrigada por colocares em palavras tudo o que penso sobre este assunto.
Xana

fun quiz for myspace profile and blog

Lets101 Quizzes - Blog Quiz